Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

REGIONALIZAÇÃO: A CAUSA DE CACIQUES E DEMAGOGOS!

                

                                      

              O Sr. Pinto da Costa personifica o tipo de cacique e demagogo ridículo e inconveniente. que se julga predestinado de um fado invulgar: a libertação do Norte, a fundação de um norte-naçaozinha.

              Inconveniente não só para a preservação da unidade nacional de quase 900 anos, mas também para os regionalistas atarantados na procura de argumentos falaciosos, porque deu a conhecer aos portugueses no seu último discurso contra o "ódio" e os "vermes" do sul, a natureza política escondida dos supostos presidentes das juntas regionais que a regionalização pariria. Ele é o PARADIGMA do caciquismo regionalista e do que seria a regionalização de Portugal a-regional.

              O Sr. Pinto da Costa, o demagogo, disse aquilo que algumas eminências pardas que andam por aí a lutar pela regionalização ainda não tiveram coragem de gritar; o mais longe que foram foi repescar o Dr. Alberto João Jardim  como guia e educador, numa manobra tática perversa, como perverso é o apoio deste à regionalização no Continente.

              O PSD do Dr. Luís Filipe Menezes está em queda livre porque, entre outras razões que não vêm ao caso, resolveu satisfazer a mesma elite portuense de que faz parte o acima referenciado demagogo, ao erguer a bandeira da regionalização no seu programa populista e irresponsável, para dividir o Estado-Nação que é Portugal em cinco naçõezinhas e entregá-las nas unhas de pintos da costa, botas e quejandos.

              O PS entrará em queda livre no dia em que o povo português perceber que está mesmo determinado a retalhar a Pátria Portuguesa, abandonando-a à acção dos "adelantados" no outro lado da fronteira, com a colaboração objectiva de elisas ferreira, fernandos gomes, candais e companhia. As duas últimas eleições autárquicas deixaram isso bem claro no Porto: os habitantes da Cidade Invicta infligiram estrondosa derrota aos regionalistas.

              O Dr. Mário Soares, Ex-Presidente da República, responde-lhes num artigo no "DN" de 4/3/2008. Cito extractos desse artigo:

                              

"Portugal é um Estado-Nação. Quer isto dizer que a Nação coincide em absoluto com o Estado. ao contrário do que acontece com a nossa vizinha Espanha, que é um Estado com diversas nações, isto é: com territórios bem demarcados, línguas próprias, histórias e costumes diversificados. Embora após a Constituição democrática de 1978, as quatro nacionalidades históricas de Espanha, anteriores à Guerra Civil de 1936-1939 - País Basco, Galiza, Catalunha e Castela - , fossem envolvidas num sistema constitucional que reconhece 17 autonomias - para iludir a velha questão que agitou os séculos xix e xx".

"(...) Em Portugal, com uma realidade unitária bem diferente da espanhola, nunca se pôs uma tal questão. Mesmo quando, depois da Revolução dos Cravos, a Constituição de 1976 reconheceu duas regiões autónomas de governo próprio, nos arquipélagos dos Açores e da Madeira, dada a distância que as separa do Continente" (sublinhado é meu).

"(...)Vem isto a propósito da identidade de Portugal como Estado-Nação desde 1140, que é três séculos anterior a Espanha, como tal, só assim chamada depois do casamento dos Reis Católicos, Fernando e Isabel, e da conquista do  Reino de Granada, aos mouros (1482)".

publicado por camaradita às 22:34
link do post | comentar | favorito
partilhar
2 comentários:
De Hilário Godinho a 29 de Abril de 2008 às 16:40
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Resistência Portuguesa Militar e Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Liberdade, Democracia, Justiça, Imprensa, Direitos Humanitários. Sim.
Ditaduras, PIDE/D.G.S.E., Tortura, Fome, Corrupção. Não Obrigado.
Peço Asilo Político, Dinheiro, Doente e Invalido com Fome em Tribunal com Dívidas.
Enviar dinheiro para a Anti Pide/D.G.S.E..
Sr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

Se não pode impôr a paz, pode convencer pelo exemplo. -----

Peço Asilo Político. -----

Donativos para a Resistência Portuguesa Militar e Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Conta de Épargne UBS CHF --- Nº conta 233-691451.M1F --- Nº de cliente 233-691451 --- Iban CH21 0023 3233 691451M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Suisse. --- Ou ---
Sr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Telefone: 0041 765 450 994. Comuniquem na Imprensa Mundial. Eu falo Português, E também Francês. -----
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Résistance Portugaise Militaire et Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Liberté, Démocratie, Justice, Presse, Droits Humanitaires. Oui.
Dictatures, PIDE/D.G.S.E., Torture, Faim, Corruption. Non Merci.
Je demande Asile Politique, l'argent, le malade et l'invalide avec la faim devant le tribunal avec des dettes.
Envoyer argent pour l'Anti Pide/D.G.S.E..
Mr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

Si ne peut pas imposer la paix, peut convaincre par l'exemple. -----

Je demande Asile Politique. -----

Donations pour la Résistance Portugaise Militaire et Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Compte d'Épargne UBS CHF --- Nº de compte 233-691451.M1F --- Nº de client 233-691451 --- IBAN: CH21 0023 3233 6914 51M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Suisse. --- Ou ---
Mr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Téléphone: 0041 765 450 994. Communiquent dans la Presse Mondiale. Je parle Portugais, Et aussi Français. –

http://pide1.spaces.live.com/


De camaradita a 29 de Abril de 2008 às 17:19
Que história é esta?.



Comentar post

"Antre mim mesmo e mim / Nam sei que s'alevantou / Que tam meu imigo sou" (Bern. Ribeiro)

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Reavivar a memória para c...

Pôr este sacana na rua é ...

Aníbal Cavaco Silva é o m...

Regionalização - II: "A L...

Regionalização - I: "A LU...

arquivos

tags

todas as tags

pesquisar